Viagem para Cancún. Não viaje para Cancún sem saber destas 12 dicas

Atualizado: 24 de Mar de 2020



Para quem está chegando agora no Blog e não nos acompanha em outros canais talvez não saiba que a nossa primeira viagem falando sobre o custo x benefício e compartilhando a nossa experiência de Viajar com Economia foi para Cancún - México.




O Projeto Viajar com Economia tem como objetivo compartilhar as nossas experiências, roteiros de viagem, além de fornecer dicas e cupons de desconto para fazer aquele sonho de viagem possível, afinal com planejamento e flexibilidade tudo é possível, assim como essa viagem que muita gente sonha foi possível para nós. Então vamos iniciar compartilhando 10 dicas imperdíveis para você que planeja a sua viagem para o paraíso caribenho.



Dica 1:

Não menospreze o espanhol.

Talvez essa dica não faça muito sentido para quem vai ficar em Resorts, já que a equipe hoteleira são bem preparadas para atender aos turistas, mas caso você siga o nosso roteiro, é importante treinar algumas palavras chaves para facilitar a sua viagem.

Quando estávamos planejando a nossa viagem muitas pessoas falavam que só tinha brasileiro em Cancún e sentimos isso quando fizemos os passeios com as agências, porém como fizemos a maioria dos passeios por conta própria, nos deslocamos com transporte público e a nossa primeira hospedagem foi em um apartamento locado pelo Airbnb, sentimos um pouco de dificuldade para nos comunicar. O que salvava foi que o Rafa havia morado 2 meses com uma equipe que falava espanhol, o que facilitou a comunicação.

Mas não se desespere, não é um bicho de sete cabeças, mas se souber algumas palavras chaves facilita e mostra a admiração e respeito pelo país.


Dica 2:

Tire o Certificado de Vacinação Internacional.


A Organização Mundial de saúde sempre inclui e exclui países do qual é necessário apresentar o Certificado de Vacinação Internacional para entrada. A principal vacina a ser apresentada é contra a febre amarela, mas ressalto que estar vacinado e apresentar o cartão não basta. É preciso apresentar o Certificado.

Quando fomos para Cancun, o país não estava na lista, porém faríamos uma conexão no Panamá, do qual o Certificado era obrigatório. Por mais que era apenas uma conexão do qual não saímos do aeroporto, no voo do Brasil foi solicitado o certificado e assistimos uma pessoa que foi impedida de embarcar pela falta do documento.

O Certificado pode ser adquirido gratuitamente no Centro de Apoio ao Viajante que possui unidades em todo o país. Temos o pensamento que é melhor prevenir, do que remediar, então se você vai para Cancun já procure fazer o seu Certificado com pelo menos 1 mês de antecedência. A vacina demora 7 dias para ficar pronta, apenas após esse prazo o seu documento passa a valer.

Clique nesse site, saiba quais os documentos precisará apresentar e unidade mais próxima. Fizemos esse vídeo explicando o passo a passo de como conseguir o Certificado.


Dica 3:

Faça o Seguro Viagem.


Muitos países tem um atendimento hospitalar impecável, mas não para nós turistas. Um pequeno incidente pode estragar a sua viagem e com o seu bolso. Um atendimento médico em outro país pode ser extremamente caro.

Como havíamos viajado apenas no Brasil, imaginávamos que um seguro viagem seria extremamente caro e nos surpreendemos. O valor é bem acessível. É importante ler o que o seguro cobre e as recomendações. Geralmente um seguro que está no plano intermediário atende bem.

Vamos compartilhar com vocês o seguro que fizemos. Graças a Deus não precisamos usar, mas tinha boas referências, bom custo x benefício e whatsapp para atendimento internacional.

Você pode olhar também se o seu cartão do banco tem direito ao Seguro Viagem, tem algumas bandeiras que oferecem esse benefício.

Dica 4:

Negocie sempre!


Cancun é uma cidade turística e os preços praticados ali estão passíveis de negociação. Mostrar que você sabe do valor, conhece a cidade, que é uma pessoa atualizada e que faz pesquisas faz toda a diferença no momento de fazer a sua compra e te fará economizar vários pesos pelo mesmo produto.

Como exemplo, fizemos vários orçamentos de passeios quando estávamos no Brasil. Fomos sem fechar e quando chegamos conhecemos as agências de nativos. Mostramos que sabíamos do preço praticado e conseguimos economizar muito na compra de passeios e lembrancinhas. Claro que exige um tempo e habilidade com negociação, mas no final para nós valeu a pena!

Dica 5:

Conheça a moeda do país e quanto vale.

A moeda de Cancun é o Peso Mexicano. Vimos que as casas de câmbio só trocava a moeda local por euro ou dólar. Uma dica é trocar o real com antecedência, buscando a melhor cotação nesse site. Todas as vezes que precisamos fazer o câmbio trocamos nesse site e é seguro. Uma dica é ir acompanhando o câmbio e ir trocando aos poucos, assim você garante a média.


Tente planejar a sua viagem e troque todo o dinheiro que irá gastar, leve o cartão internacional desbloqueado apenas para emergências. A taxa do IOF para o cartão de crédito é muito alta e não vale a pena.

Na troca do dinheiro pedimos todas as notas de 100 dólares e levamos na doleira, o que diminui o volume. Uma dica que não fizemos, mas faríamos da próxima vez é levar um pouco de dólar trocado para pegar a van até o hotel. A cotação do aeroporto é muito baixa e quando pagamos com a nota de 100 dólares, o motorista aceita, mas o troco é em peso e na cotação deles, então você pode dinheiro nessa cotação se não tiver notas de menor valor.

Para quem tem medo de andar com dinheiro, há ainda a opção de levar um cartão pré pago, porém o câmbio fica um pouco menos valorizado.


Dica 6:

Fique atento ao horário de funcionamento das casas de câmbio.

O horário de funcionamento das Casas de Câmbio variam de uma para outra. Algumas delas exigem a apresentação do passaporte. Na época a que encontramos com uma melhor cotação e que ficava aberta até mais tarde era uma cabine que ficava em frente a Boate Cocobongo. Trocamos um pouco de dólar e no outro dia a casa de câmbio só abria às 10:00 e passamos um sufoco. Às vezes a lojinha de conveniência OXXO, que é como se fosse uma Loja Americanas do Brasil, aceita pagar em dólar e devolve em peso com uma cotação mais justa, é a melhor opção em caso da falta do dinheiro trocado, porém uma ressalva é importante, a lojinha troca apenas notas de menor valor ou você terá que consumir um valor alto até gerar um pequeno troco em pesos.

É muito importante andar com a moeda local para economizar.

Dica dentro da Dica: Como você terá que andar com o seu passaporte, é muito importante tirar foto dos seus documentos e reservas e enviar por e-mail. Se acontecer algo como perda ou roubo, você terá todos os documentos salvos e diminuirá o seu transtorno.




Dica 7:

Utilize o transporte público para percorrer a zona hoteleira

A principal avenida da área turística de Cancún é a Avenida Kukulkan, é nela que se concentram os principais resorts, shoppings, prais, restaurantes, bares e a famosa Cocobongo.