top of page

BH é bom dimais, uai! Vem conhecer!

Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, a primeira cidade planejada do Brasil e o local onde nascemos, então nada mais justo do que compartilhar a nossa terrinha com vocês, não é mesmo? Lugar do uai, pão de queijo, cafezinho, torresmo, goiabada, doce de leite... Que tem um povo desconfiado, mas que quando confia, confia de verdade! Cidade que foi projetada para ficar dentro da Avenida do Contorno, mas que cresceu tanto que ultrapassou os limites.

Sua população já conta com uma média de 2.530.701 habitantes segundo o IBGE, conquistando a posição do sexto município mais populoso do país. Mesmo se tornando uma cidade grande, reserva alguns traços de cidade do interior como os detalhes ornamentais nos portões, praças, coretos, paralelepípedos, feiras e pessoas acolhedoras. Belo Horizonte tem bairros com características próprias e é possível identificar várias atrações. Vem com a gente, que vamos mostrar as belezas de BH.


Quando ir


Belo Horizonte é reconhecido pelo turismo de negócios. Muitas reuniões, eventos e feiras acontecem por aqui, mas não quer dizer que quem vem não terá o que fazer, pelo contrário, BH reúne uma gastronomia incrível, museus, praças, mercados, histórias e detalhes em sua arquitetura.


Sobre a melhor época, não há uma restrição, por ser uma proposta de um passeio urbano, a cidade estará pronta para te receber em qualquer estação!

O clima da cidade tende a acompanhar as estações, sendo no verão alcançando uma média de 28 a 35 graus e no inverno, ficando em uma média de 12 a 25 graus.

Lembrando que há alguns eventos na cidade que vale a pena se programar para conhecer, como o Festival da Comida di Buteco que tende a acontecer nos meses de julho e agosto e a Feira de Artesanatos que geralmente acontece em dezembro. Ambos eventos reúnem duas atrações de BH, gastronomia e artesanato!



Como Chegar


Belo Horizonte conta com um Aeroporto Internacional de Confins, localizado há cerca de quarenta minutos da região central de Belo Horizonte. Chegando no Aeroporto, há opções

de ônibus de viagem Conexão Aeroporto, uber, táxi e empresas de locação de carro para se deslocar.

Aeroporto Internacional de Confins

O valor do ônibus Conexão Aeroporto varia de R$14,85 em ônibus convencional até o terminal rodoviário a R$48,90 em ônibus executivo até o terminal Betim.

Saindo do Aeroporto até o centro, a estrada é boa, por seguir pela Linha Verde. No momento de retornar, é importante sair com antecedência, já que como uma boa metrópole, é possível encontrar trânsito. Caso decida alugar um carro, é muito importante ficar atento também aos radares e espaços destinados ao MOVE (transporte público). Afinal, ninguém merece tomar uma multa em meio a uma viagem, né? Na verdade, em momento algum!

Para quem vem de carro, as principais estradas que atendem Belo Horizonte são a BR-381 para quem vem de São Paulo, BR-040 para quem vem de Brasília e do Rio e BR-262 para quem vem do Espírito Santo.

Para quem vem de ônibus, há várias linhas que atendem a cidade. O Terminal Rodoviário é grande e fica localizado bem no centro, sendo fácil conseguir uma condução para chegar ao destino final. Uma dica é: fique atento aos seus pertences. Por ficar no centro da cidade, o local não é muito seguro.


O que fazer

  • Lagoa da Pampulha e Conjunto Arquitetônico

Igrejinha da Pampulha

Arquitetura projetada por Oscar Niemeyer, a beleza dos 18 km da lagoa artificial, a modernidade nas curvas da Igreja São Francisco, no Museu da Arte Moderna, na Casa Kubitscheck e a Casa do Baile, atraem turistas do mundo inteiro. No conjunto arquitetônico é possível observar ainda os azulejos de Cândido Portinari. Para aqueles viajantes que são amantes da arte moderna, está aí uma bela programação. Estivemos em cada um dos pontos do Conjunto Arquitetônico e vamos relatar a nossa experiência.

A Capela Curial de São Francisco de Assis, mais conhecida como a Igrejinha da Pampulha, um dos cartões postais de Belo Horizonte, realmente é linda e quebra todos os paradigmas das igrejas tradicionais. O seu formato em ondas e azulejos nos convidam para aquela foto no cartão postal de Beagá.

O Museu de Arte da Pampulha, recebe artes de artistas do mundo inteiro, no dia que fomos estava tendo a exposição de uma artista contemporâneo, para quem aprecia arte e exposições é uma boa opção. Orientamos entrar em contato antes da visita, já que as exposições não são fixas - (31) 3277-7996. Devido a pandemia, o museu poderá estar adotando novas medidas de agendamento. O Museu tem um jardim lindo e atrai muitas gestantes para registros do momento especial.

O Museu da Casa Kubitschek é uma casa-museu que guarda a memória e pertences do prefeito Juscelino Kubitscheck. Percorrer a casa é voltar no tempo e se sentir nos anos 50. Em prevenção a pandemia, a visita tem sido agendada previamente pelo portal. Assim como a maioria dos museus em Belo Horizonte. O agendamento e a entrada são gratuitos e o agendamento é muito fácil, basta entrar no portal, escolher a data e horário da visita e apresentar o seu QRcode na entrada. É importante reservar com antecedência para garantir a vaga.


A Casa do Baile

E por último, a Casa do Baile, que recebe exposições e é referência em Urbanismo, Arquitetura e Design. O lugar também conta com uma Cafeteria, onde é possível apreciar aquele cafezinho com pão de queijo com a vista para a lagoa e se tiver sorte, ainda desfrutar de uma bela música ao vivo!

Mas engana se quem pensa a região da Pampulha se resume apenas ao lago e a arquitetura. A lagoa nos convida a caminhar, explorar os detalhes, brincar com as crianças, alugar uma bicicleta e curtir as atrações ao entorno, como o Mineirinho, Mineirão, Feira do Mineirinho (aberta Quinta e Domingo), Fundação Zoo-Botânica, Parque Ecológico e Parque Guanabara.


  • Jardim Japonês

Jardim Japonês

Localizado no interior do Jardim Zoológico, na Pampulha, o Jardim Japonês foi inaugurado em 2008 em comemoração ao Centenário da Imigração Japonesa no Brasil. Para os japoneses, cada item do jardim tem um significado, começando pelo portal da entrada que marca a separação sagrada entre o céu e a terra. O local conta com

réplicas de peças, arquitetura e projeto paisagístico do Japão. Se trata se um passeio contemplativo. Há uma área demarcada onde é possível acessar e o toque nos objetos é proibido.

Dias de funcionamento: quinta a domingo

Horário: 08:00 às 17:00

Para a visita é necessário o agendamento prévio acessando a esse link

Valor da entrada:

quinta e sexta-feira R$5,30

Sábado R$6,65

Domingo e feriado: R$10,70

(inclui o acesso ao Zoológico e Jardim Botânico)

  • Circuito Cultural Praça da Liberdade

Praça da Liberdade

A Praça da Liberdade fica na região da Savassi, região conhecida pela concentração de lojas, bares, restaurantes e opções para a vida noturna.

A Praça foi feita para receber os Palácios do Governo e as primeiras Secretarias do Estado, obedecendo ao estilo eclético com elementos neoclássicos da época. Atualmente a Praça tem um belo projeto

paisagístico inspirado no Palácio de Versalhes, coreto, fonte luminosa e recebe anualmente a decoração de Natal que atraem muitos visitantes.

Ao entorno da Praça da Liberdade, encontra-se o maior Complexo Cultural do Brasil, que é composto por prédios públicos que oferecem espaços para o conhecimento da arte mineira, cultura e entretenimento. Como exemplo podemos citar o Museu da Minas e do Metal, Memorial Minas Gerais Vale, Biblioteca Pública Estadual, Centro Cultural Banco Brasil, Centro de Arte Popular, entre outras atrações.

Uma dica: programe-se para realizar a visita evitando as segundas feiras, alguns dos locais estão fechados para visitação neste dia.

Visitamos a Praça da Liberdade em um domingo. Caminhamos pela praça, uma outra opção de locomoção é baixar o aplicativo Yeloow para alugar patinete elétrico ou bike.

Museu das Minas e Metais

Conhecemos o Museu das Minas e Metais, a entrada é gratuita e o funcionamento é de terça a sábado de 11:00 às 18:00. Já na entrada a beleza da escadaria impressiona. O museu possui dois andares, o primeiro possui painéis interativos que explicam os componentes de cada rocha exposta, encontramos também informações sobre a relevância do aço, além de um espaço com o artesanato mineiro, pedras preciosas para venda e um charmoso café.

No segundo andar encontramos a exposição de rochas e a história da mineração. Entre os museus do Circuito foi o que mais gostamos e

indicamos a visita.

Outro Museu que visitamos foi o Centro Cultural do Banco do Brasil,

diferente do Museu das Minas e Metais, não contém obras fixas.

Recebe exposições que se modificam a cada período. Devido a pandemia, o agendamento deve ser feito com antecedência pelo site da prefeitura e o QRCode apresentado na entrada no dia da visita.

Quem vem a BH não pode deixar de caminhar pela Praça da Liberdade, registrar momentos, visitar e se encantar no Circuito Cultural. Um show de conhecimento, lazer e cultura interativa.


  • Mercado Central de Belo Horizonte

Localizado no centro da Capital mineira, criado em 1929, por um comerciante que estava cansado de andar para um lado e para o outro para fazer as suas compras, até que teve a iniciativa de reunir todos os

comerciantes em um só lugar. Ideia genial que aproveitamos até os dias de hoje!

Em 2016 o Mercado Central conquistou o terceiro lugar, considerado um dos melhores mercados do mundo, segundo uma pesquisa da Revista "Tam nas Nuvens". Premiação recebida pela variedade e qualidade de produtos. Em votação popular do Concurso Viva BH 120 anos, o Mercado Central foi escolhido como a "cara de Belo Horizonte" e mais do que nunca se tornou um lugar obrigatório no roteiro de quem vem conhecer a capital.

Caminhar entre os corredores do Mercado Central é se permitir despertar os 5 sentidos. Respirar os aromas típicos de cada setor como dos temperos, queijos, doces, flores e frutas, admirar a intensidade das cores dos artesanatos, tocar em sementes, artes e descobrir a sensação de comer abacaxi com a mão, apurar a audição ao ouvir o burburinho dos compradores e vendedores e provar das comidas típicas como o famoso queijo da Serra da Canastra, doce de leite de Viçosa, limonada tradicional e fígado com jiló.

Já havia tempo que não íamos ao Mercado Central e vou confessar que no dia das gravações ficamos tensos por ser um local no centro da capital, mas nos surpreendemos. Claro que é um local que requer atenção, mas após a reforma o mercado está mais organizado, limpo e tranquilo.

Vai de carro? O valor do estacionamento é R$12,00 a hora. Estacionamento amplo e na mesma área estão localizadas o espaço kids e a capela.

Dias e horários de funcionamento: segunda a sábado 08:00 às 18:00

Aos domingos e feriados 08:00 às 13:00

  • Parque Municipal das Mangabeiras

Parque das Mangabeiras

Localizado na Serra do Curral, entre os bairros Mangabeiras e Serra, logo na entrada já é possível sentir o frescor do parque arborizado e a bela Praça das Águas, repleta de chafariz. É possível optar por 3 tipos de roteiros para exploração do parque: Roteiro da Mata (exploração da vegetação Cerrado, Mata e Campo), Roteiro do Sol (exploração recreativa e esportiva) ou Roteiro das Águas (exploração hídrica). Com tantos roteiros para se percorrer, recomendamos que leve uma garrafinha d'agua, lanches leves para um piquenique, utilize roupas leves e disposição para caminhar muito.

O parque conta com micro-ônibus que percorre o parque, porém não se encontra em melhores condições. Prepare-se para suspirar ao caminhar pela vegetação, se exercitar nas academias ao ar livre, praticar esportes nas quadras, apreciar o belo horizonte no mirante e para os corajosos encarar a tirolesa de 800 metros de extensão e que atinge a velocidade de até 100 km por hora!

Desde o dia 18 de outubro de 2021 não está sendo mais necessário realizar o agendamento prévio, mas as medidas de segurança em combate ao Covid-19 continuam, são elas:

- utilizar máscara de forma adequada durante todo o tempo em que estiver no Parque;

- utilizar corretamente as lixeiras;

- respeitar a distância mínima de um metro dos demais visitantes;

- não tocar nos animais silvestres nem alimentá-los;

- não realizar aglomeração e eventos;

- não utilizar espaços bloqueados;

- utilizar bebedouros apenas para encher garrafas e copos individuais;

- respeitar a capacidade dos sanitários;

- respeitar as orientações e sinalizações da administração do parque;

- higienizar as mãos com utilização de álcool em gel 70% ou água e sabão.


Outra atração do parque são as pistas de patins, bicicleta e skate, que atraem adeptos de vários pontos da cidade.

O Parque das Mangabeiras está localizado em um dos pontos mais altos da cidade. É a maior área verde da capital e é um refúgio para os belorizontinos curtirem com a família, aproveitarem a natureza e apreciarem momentos de descanso e lazer. Vou confessar que amo um piquenique e espaços que possibilitam isso. O parque é ideal, possui mesinhas e espaço na grama para a realização dos lanches.


Dias de funcionamento: quinta a domingo

Horário: 08:00 às 17:00

Valor: Gratuito





Praça do Papa
  • Praça do Papa

Não há como ir no Parque das Mangabeiras e não parar na Praça do Papa, afinal, ficam bem próximo. A praça ganhou o nome desde a visita do Papa João Paulo II que exclamou "Vocês podem olhar as montanhas atrás e dizer belo horizonte. Vocês podem olhar a cidade à frente e dizer belo horizonte. Mas, sobretudo, quando se olhar para vocês, se deve dizer: Que Belo Horizonte!".

A praça é ampla e a principal atração é a vista. Localizada em um dos pontos mais altos de Belo Horizonte, aos pés da Serra do Curral, é possível contemplar a cidade, que tem uma visão linda tanto de dia quanto a noite.

É comum acontecer no local atrações culturais, shows e eventos, além de encontrar famílias se reunindo para um piquenique ou crianças soltando pipa.

Próximo a Praça há a intrigante Rua do Amendoim. Não vou dar o spoiler, então vá até ela de carro, desligue o seu motor, deixe o carro desengrenado, solte os freios e veja o que acontece!

  • Parque Municipal Américo Renné Giannette e Feira Hippie

O Parque Municipal tem cerca de 182 metros quadrados. Todas as vezes que visito o parque, sinto que é um refúgio da natureza em meio a agitação que todo o centro da capital comporta.

O Parque tem atrações como quadra poliesportiva, academia a céu aberto, pista de caminhada, playgrounds, passeios de barco no lago, trenzinhos, pônei para montaria e parque infantil. Possui também barraquinhas que vendem pipoca, algodão doce, cachorro quente e um picolé gigante. Para quem visita o parque indico experimentar!

Horário de funcionamento: terça a domingo 06:00 às 17:00

Valor: Gratuito

Aos domingos a Av. Afonso Pena é fechada para receber a tradicional e famosa Feira Hippie. A feira se divide em várias sessões como a área alimentícia, móveis, roupas, enxovais para bebês, bijuterias, quadros de arte, cintos, bolsas e sapatos. Uma dica é chegar cedo, há turistas que chegam em ônibus às 05:30 da manhã para comprar as melhores peças e em numerações variadas.

Os preços e qualidade dos materiais são variados, por esse motivo é importante estar disposto a caminhar entre os corredores. Tente marcar a barraca que gostou de algum item, mas não comprou, pelos prédios que compõem o corredor. É comum se perder entre tantas

barraquinhas.

Horário de funcionamento: domingo 07:00 às 14:00


Onde se hospedar?


Ramada Encore Virgínia - Parceiro Coobrastur

Quem concorda comigo que a hospedagem, é uma das experiências mais importantes de uma viagem? Por esse motivo tem que ser muito bem escolhida!

E quem nos ajudou mais uma vez nessa escolha, foi a Coobratur, uma forma econômica e inteligente de viajar!

Dentre os mais de 1800 hotéis conveniados pela Coobrastur, sendo 38 opções somente em Belo Horizonte, escolhemos nos hospedar no Ramada Encore Virgínia, localizado no bairro Luxemburgo.

O hotel atende com conforto tanto àqueles hospedes que visitam a cidade a trabalho ou a lazer.

Começando pela localização, o hotel fica próximo aos pontos turísticos como a Praça da Liberdade, Praça do Papa e Parque das Mangabeiras, além de encontrarmos bons restaurantes, como a Pizzaria Marguerita, fast food como o Burguer King, sorveteria, supermercado e farmácia.

Sobre o quarto, a cama é bem ampla e confortável. Há uma mesa para trabalho, televisão, frigobar, cafeteira e cofre. A água do chuveiro é quente, há amenidades inclusive com álcool em gel e secador de cabelo. Ou seja, tudo o que precisamos após um dia intenso.

O hotel traz marcas em sua decoração, da arte inspirada em ritmos musicais. Ficamos no andar do Jazz, ouvir a música ao entrar no elevador, ler sobre a história nos corretores e ver a música se expressando através dos traços e cores, é incrível!

O Ramada Encore Virginia faz parte da categoria VIP MASTER da Coobrastur, isso quer dizer que com o plano a partir de R$139,90 mensal você poderá se hospedar em lugares como esse, podendo levar um acompanhante. E tem mais! Com a garantia do seguro viagem nacional, café da manhã e preços até 60% menores do praticado no balcão.

Falando em café da manhã, uma garantia de todas as hospedagens conveniadas pela Coobratur, gostaria de comentar sobre a proposta do Ramada Encore Virginia. Encontramos uma variedade de pães, bolos, pão de queijo, frutas, suco natural, sucrilhos e ainda opções como omelete e mixto preparados na hora. Não deixe de experimentar o suco de beterraba com laranja e de comer o pão de queijo, são sensacionais!

Na cobertura do hotel encontramos ainda uma piscina que não é grande, mas dá para se refrescar, uma academia e uma vista do belo horizonte!

Um outro ponto que nos chamou a atenção no Hotel foi a qualidade do atendimento dos funcionários, todos educados e solícitos desde a recepção.

Um ponto negativo do hotel é que não possui estacionamento próprio, sendo necessário pagar uma taxa extra para deixar no estacionamento terceirizado que fica no mesmo prédio.


Onde Comer?


Se tem uma coisa que não dá para não conhecer em Minas Gerais é a culinária! Que me desculpem os outros estados, mas é reconhecida como uma das gastronomias mais saborosas do mundo! E não seria diferente na Capital, que tem muitas opções de restaurantes populares a sofisticados. Podemos citar também as regiões conhecidas como pólos da gastronomia, como a Savassi, região boêmia, Pampulha que oferece opções de restaurantes familiares e bares e o centro da cidade para quem busca opções mais econômicas.

Nesse post, vou compartilhar alguns dos restaurantes que conhecemos durante essa trip:


*Menu Amadis Bar* Malandro é o Pato (refrescante e cítrico) R$R$37,00/ Risoto do dia R$59,00

Dizem que já que em Minas não tem mar, tem bar e isso é uma verdade! Ah muitos bares espalhados em meio a cidade. E se engana quem pensa que a proposta é só a bebida alcóolica, os bares de BH tem investido em decoração, drinks criativos, petiscos e pratos que atendem a todos os públicos!

Nessa viagem, nós conhecemos o Amadís Bar e Restaurante, localizado na região da Pampulha. Ele tem como o diferencial o espaço decorado, atenção dos garçons, drinks e petiscos criativos, como esse da foto, um drink servido na banheira com um pato, do qual o nome é "A Culpa é do Pato" bem sugestivo, não é mesmo?

As frases dos drinks e petiscos tem um tom de divertimento, inspiracionais e que remetem a datas comemorativas. Mas a comida não é só bonita, é também muito boa!

Os drinks podem ser pedidos com ou sem álcool. Provamos o risoto do dia, o do Rafa foi acompanhado de filet mignon e o meu salmão grelhado. Ambas as carnes estavam macias e saborosas.


Para quem gosta de um local sofisticado, romântico, com uma bela vista, que oferece um

*Menu La Vinícola* Prato 1 Ancho Parmegiano R$59,90/ Prato 2 Wine Lamb R$69,90

cardápio com carnes, massas e entradas e uma carta de vinhos, indicamos o La Vinicola Mirant.

Localizado entre Belo Horizonte e Moeda, o restaurante tem uma vista privilegiada tanto de dia, quanto a noite. A nossa sugestão é ir ao final da tarde, assim você consegue aproveitar o pôr do sol e a vista noturna.

Pedimos dois pratos principais e destacamos a carne que estava muito saborosa.


Agora vou compartilhar algumas dicas, de alguns restaurantes que conheço na cidade, mas que não visitamos dessa vez.


  • Para tomar café da manhã:

Cofice Localizado no Centro de BH, tem um espaço como call work e oferece opções de café da manhã, brunch e café da tarde deliciosos.

A Pão de Queijaria Localizado na Savassi, tem como proposta principal fazer o pão de queijo brilhar com variados tipos de recheios, salgados e doces.

Padaria Vianney Localizada no bairro Funcionários, oferece uma variedade e qualidade incrível de opções para café.

  • Para almoçar:

Rancho do Boi restaurante localizado em Nova Lima, oferece música ao vivo aos finais de semana, carnes vendidas por porções e feitas na chapa na mesa do consumidor. Uma experiência que vale a pena.

Restaurante Xapuri Localizado na Pampulha, oferece uma comida mineira feita no fogão a lenha e tem espaço ao ar livre.

Restaurante Maria das Tranças comida mineira, servindo a 71 anos um dos pratos típicos do estado, frango ao molho pardo. Localizado no bairro São Francisco.

  • Para jantar:

Olga Nur Localizado no bairro Lourdes, oferece pratos sofisticados, sendo um dos mais famosos a carne com o queijo derretido.

Marukame Para quem gosta de comida japonesa, é um ótimo lugar no bairro Gutierrez. Opções a la carte e rodízio. Proposta fresca e saborosa.

Xico da Carne Para os amantes de carnes, tem uma ótima estrutura e unidades no bairro Santa Inês e Cidade Nova.

  • Para economizar:

A Pastelândia Com várias unidades no centro da cidade, oferece um pastel crocante, sequinho, com sabores tradicionais carne, queijo e banana com canela. Não deixe de provar também o caldo de cana.

Restaurante Bolão Localizado no bairro Santa Tereza, tem tradição e oferece espaguete deliciosos com bom custo x benefício.

Pizzaria Guarani Oferece pizzas e petiscos deliciosos. Indico também experimentar o suco de frutas.


Esperamos que tenham gostado de acompanhar essa viagem em nossa cidade! Se você é daqui ou já conhece BH, deixe a sua opinião/dica nos comentários, nos ajude a deixá-lo ainda mais rico. Pra você que ainda não conhece, deixe as suas dúvidas, vamos amar contribuir!


Sempre tenha, uma boa viagem!





131 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page